Dados

  • Código: Teol B04
  • ECTS: 5
  • Área curricular: Teologia Integrada
  • Nível: Médio
  • Ano/Semestre: 3º, 2º
  • Precedências obrigatórias: Nenhuma

Descrição de Disciplina

Trata-se de uma disciplina que visa abrir os horizontes do aluno quanto ao movimento missional da Igreja, nomeadamente entre os batistas. Oferece uma visão teológica e descritiva, propondo uma avaliação dos diferentes paradigmas missiológicos numa análise ao evangelicalismo internacional contemporâneo e as tendências futuras de uma Igreja em missão. Paralelamente o aluno conhecerá os fundamentos das religiões mundiais como uma forma de contextualizar a missão da igreja.

Grande Finalidade

A disciplina servirá para capacitar o aluno quanto os conteúdos essenciais da Teologia da Missão da Igreja e dos sistemas teológicos das grandes religiões mundiais, despertando o aluno para a urgência de uma atitude e mentalidade missionárias permanentes entre as igrejas locais tendo em vista o panorama religioso mundial.

Finalidades

Conhecimentos (SABER):

  • Aquisição de um conhecimento básico sobre os fundamentos bíblicos acerca da Missio Dei;
  • Descoberta na Teologia da Missão, do reconhecimento da dinâmica missionária de Deus e dar testemunho do mesmo, fundamentando-se na Palavra de Deus.
  • Articulação com destreza de todos os elementos fornecidos demonstrando que domina bem o conteúdo bíblico da Teologia da Missão no contexto do ministério cristão transcultural;
  • Conhecimento panorâmico da história do movimento missionário;
  • Retenção de uma boa compreensão das principais questões culturais e antropológicas que constituem áreas de saber importantes na missiologia moderna;
  • Estabelecimento da relação entre o crescimento e desenvolvimento da igreja local com a Missão de Deus;
  • Articulação e entendimento cordial das cosmovisões das principais religiões mundiais nas suas diferentes componentes: história, áreas de influência geográfica, práticas rituais, crenças doutrinárias, ética e experiência expectável;
  • Habilidade para descrever a função de uma religião em categorias sociológicas.

Aptidões e capacidades (SABER FAZER)

  • Aplicação por escrito ou verbalmente, e de forma competente, das passagens da Escritura que dão ênfase à Missio Dei.
  • Exibição de capacidades na utilização das ferramentas das ciências sociais e da antropologia cultural para definir a expressão da cultura e compromisso missiológicos no seio da Igreja Local;
  • Demonstração de competência na formulação de uma perspectiva cultural que reconhece os valores dessa cultura assim como os aspectos concernentes a essa cultura que carecem de redenção;
  • Desenvolvimento da habilidade de situar historicamente as referências do movimento missionário.
  • Apresentação de capacidade na elaboração de pensamento missiológico fundamentado no saber bíblico, histórico, filosófico, cultural e estratégico.
  • Capacitação para descrever a experiência humana de um grupo religioso na sua expressão literária, artística e musical.
  • Habilidade na descrição e interpretação do relacionamento existente entre os aspetos religiosos de uma cultura e o comportamento individual.

Valores e hábitos (SABER SER/ESTAR)

  • Expressão verbal da paixão, espanto e devoção pela redentora e santificadora atividade de Deus que nos constrange à participação no trabalho missionário que Ele está a fazer.
  • Articulação da convicção de que o propósito primário da Igreja de Cristo é tornar-se uma igreja missionária que serve os propósitos de Deus debaixo do poder e da autoridade do Espírito Santo na proclamação fiel da Palavra de Deus e na persuasão amorosa dos homens à fé.
  • Articulação da fé com o respeito e conhecimento da cultura para a necessária remoção das barreiras culturais na comunicação do Evangelho, substituindo-as por pontes de contacto efetivo permitindo assim que o Evangelho chegue a cada segmento geracional da cultura.
  • Habilidade para pensar globalmente e envolver-se transculturalmente para o cumprimento da missão cristã.

Filosofia Educacional

Tal como é sugerido na descrição desta disciplina e nos alvos acima referidos, o estudo da Missão de Deus é mais do que um exercício académico. A missiologia surge como uma disciplina no âmbito do cenário académico mas com o objetivo claro de compreender a Missão de Deus na sua largura e profundidade, aplicando esses princípios na extensão da Missão de Deus no mundo. Essa profundidade no conhecimento da Missão de Deus e a sua aplicação no mundo requer não apenas uma informação cognitiva, mas sérias mudanças no domínio da atitude e da reunião de vontades. Estas dinâmicas no processo de aprendizagem desenvolvem-se através do interesse pelo conhecimento partilhado e pelo contributo determinante dos alunos. Todos os participantes neste ambiente de aprendizagem precisam de uma postura de aprendizes em que cada um sabe qual é o seu papel específico e nele contribui para o enriquecimento de todos.

Obras Fundamentais

BOSCH, David J. – Missão Transformadora: Mudanças de Paradigma na Teologia da
Missão. São Leopoldo: Editora Sinodal, 2002.

CARRIKER, Timóteo – O Caminho Missionário de Deus: uma teologia bíblica de missões.
São Paulo: Editora Sepal, 2000.

HIEBERT, Paul G. – O Evangelho e a Diversidade das Culturas: um guia de antropologia
missionária. São Paulo: Edições Vida Nova, 2001.

HESSELGRAVE, David – Comunicação: Missões e Cultura, vol. I. São Paulo: Edições Vida
Nova, 1994.

HESSELGRAVE, David – Comunicação: Cosmovisões e Comportamento, vol. II. São
Paulo: Edições Vida Nova, 1994.

HESSELGRAVE, David – Comunicação: Estruturas Sociais, Media e Motivação, vol. III.
São Paulo: Edições Vida Nova, 1994.

KIRK, J. Andrew – O que é Missão? Teologia Bíblica de Missão. Londrina: Editora
Descoberta, 2006.

PETERS, George W. – Teologia Bíblica de Missões. Rio de Janeiro: Casa Publicadora das
Assembleias de Deus, 2000.

WINTER, Ralph e HAWTHORNE, Steven C. – Missões Transculturais: Uma Perspectiva
Bíblica – Histórica – Cultural – Estratégica, 4 vols. São Paulo: Editora Mundo Cristão,
1995.