Dados

  • Código: Des B01
  • ECTS: 5
  • Área curricular: Desenvolvimento Pessoal
  • Nível: Médio
  • Ano/Semestre: 2º, 1º
  • Precedências obrigatórias: Nenhuma

Descrição de Disciplina

Estudo aprofundado e prático dos quatro primeiros mandamentos do Decálogo, e todos os textos bíblicos relacionados, estabelecendo bases para a conduta do cristão perante o seu Deus e perante a sociedade humana.

Grande Finalidade

Considerar os elementos que distinguem uma ética bíblica, por contraste com o relativismo prevalecente, e situar o aluno em relação com a chamada que Deus lhe deu para viver de uma forma íntegra perante Ele e como elemento comprometido no mundo atual.

Finalidades

Conhecimentos (SABER):

  • Ter uma visão histórica do que significou ser ético em diferentes períodos da história e, especialmente, na sociedade secular, pós-moderno.
  • Ganhar alguma familiaridade com termos usados por eticistas, critãos e outros, na formulação das suas posições.
  • Apreciar o ensino do VT e NT acerca da ética do homem na sua relação com Deus e testemunho perante o mundo.
  • Considerar os mandamentos 1 a 4 à luz das diversas interpretações históricas que lhes foram dadas e à luz do ensino global do Velho e Novo Testamentos.
  • Conhecer as áreas da vida atual às quais estes princípios devam ser aplicados, desenvolvendo ferramentas para esse processo de aplicação.

Aptidões e capacidades (SABER FAZER)

  • Saber definir princípios éticos absolutos, distinguindo-os de áreas éticas em que há necessariamente diferenças de opinião entre os cristãos.
  • Aplicar a ética dos quatro primeiros mandamentos, de uma forma ao mesmo tempo firme e perspicaz, a questões de vida e conduta que nos desafiam na atualidade.
  • Aprender de materiais (revistas, Internet, livros, etc.) que debatem questões éticas, confrontando posições diferentes, e desenvolver capacidades de dirigir debates sobre estes mesmos temas nas aulas.
  • Compreender a maneira como o momento histórico por vezes obrigou cristãos comprometidos a tomar posições aparentemente diferentes, mantendo em vista os mesmos princípios bíblicos norteadores.

Valores e hábitos (SABER SER/ESTAR)

  • Ao descobrir ou redescobrir os ensinos bíblicos o aluno estará necessariamente envolvido numa revisão de vida, que o afetará não só na postura ética pessoal que tome mas também no tipo de compromisso que assume e desenvolve na sua igreja e como membro da sociedade.
  • Ao mesmo tempo que o debate permitirá perceber e gerir diferenças irá fortalecer convições, de maneira que o que o aluno aprende a ser na aula o venha a ser fora da aula.
  • O aluno examinará os seus hábitos pessoais, uso do tempo e atividades de lazer de uma forma honesta à luz das questões estudadas e debatidas nas aulas.
  • O aluno aprenderá a relacionar-se de uma forma mais construtiva com os «publicanos e pecadores» da sociedade moderna, compreendendo que um grande distanciamento a nível ético não implica a pureza farisáica de uma igreja separatista que se considere «pura» e que se interesse em condenar mas não em comunicar esperança e transformação.

Filosofia Educacional

Haverá uma tentativa de descrever como, ao longo da história, o homem chega a definir para si as bases éticas para a sua vida. O aluno deve situar-se na época atual, no fim da pós- modernidade, e tentar compreender o que significa para o homem do nosso tempo que «deve» ou que «não deve» proceder de uma determinada forma. Neste contexto será apreciado o conceito bíblico da ética, no contexto da doutrina bíblica da graça de Deus, o que torna possível a ética ser simultaneamente deontológica e uma expressão da gratidão do homem crente perante o seu Deus. Serão estudados os quatro primeiros mandamentos do decálogo, com as suas implicações para a atualidade. Haverá uma série de debates, preparados na maior parte dos casos pelos alunos, principalmente sobre questões éticas atuais. Eles devem realizar as suas próprias pesquisas, na bibliografia indicada e em materiais recolhidos da Internet, para poderem fazer uma apresentação oral de 15 minutos, introduzindo o debate. O comportamento ético do aluno, mesmo dentro da aula, terá implicações na sua avaliação.

Obras Fundamentais

PALLISTER, Alan – Ética Cristã Hoje. Queluz: Núcleo, 2002.