Dados

  • Código: CEVM B02
  • ECTS: 5
  • Área curricular: Competências e Estilo de Vida Ministerial
  • Nível: Médio
  • Ano/Semestre: 2º, 2º
  • Precedências obrigatórias: Nenhuma

Descrição de Disciplina

Esta disciplina visa estimular o formando na identificação das características do processo de comunicação da comunidade evangélica portuguesa com o meio social em que se integram suas implicações teológicas, sociais e técnicas, de forma a que possa desenvolver modelos práticos de comunicação relevante, no seu ministério ou executivo – um comunicador com uma perspectiva cristã.

Grande Finalidade

Compreender a natureza da comunicação como um processo, identificar formas de comunicação, aprender a compreender a audiência, adaptar a mensagem e analisar os resultados. Explorar uma perspectiva cristã de comunicação e suas implicações.

Finalidades

Conhecimentos (SABER):

  • Compreender o processo de comunicação no discipulado cristão, a função da igreja como meio e mensagem, e a adequação de cada forma de comunicação neste processo.
  • Compreender como escolher a melhor forma de comunicar em relação ao ambiente, audiência e o assunto.
  • Identificar e caracterizar as formas mais significativas de comunicação na actual comunidade evangélica portuguesa, avaliar a eficácia do seu actual uso e explorar alternativas.

Aptidões e capacidades (SABER FAZER)

  • Identificar as implicações de comunicação como cultura, as diferentes teorias de formação de significado, sinais, comunicação inter-cultural.
  • Avançar na sua capacidade para comunicação escrita: publicidade, propaganda, relações públicas, redes sociais e blogs.
  • Avançar na sua capacidade para comunicação verbal: Falar em público.

Valores e hábitos (SABER SER/ESTAR)

  • Avançar nos habitos de comunicação escrita e falada.
  • Continuar criar bons habitos de ficar informada sobre os assuntos mais importantes no nível nacional e internacional para comunicar melhor com a nossa sociedade.
  • Estar sempre atentas às outras pessoas para comunicar com mais relevância e tacto.
  • Criar o desejo e o hábito de comunicar regularmente através dos vários meios para colocar a mensagem do Reino no mercado.

Filosofia Educacional

O docente procurará familiarizar o formando com os factos e princípios fundamentais e fontes credíveis de informação, proporcionando oportunidade para interpretar a informação. Serão usadas situações propícias para aplicar estes princípios dos quais o formando dará relatório. O formando também vai ter oportunidade de práticar a sua aprendizagem na sala de aula em várias formas: escrita e falada.

Obras Fundamentais

  • SILVA, F. Ascenso da (org.) – Comunicação Cristão Contemporânea: Selecção de Textos.

Websites:

Blogs: